5 maneiras para evitar o roubo em condomínios – Mercado Imobiliário

5 maneiras de evitar assaltos em condomínios   Mercado Imobiliário
5 maneiras de evitar assaltos em condomínios Mercado Imobiliário

Em tempos de insegurança, a melhor forma para evitar o roubo em condomínios é ser prevenidos, evitando-se situações que podem favorecer o ataque. De acordo com o especialista em segurança da GS Terceirização, Amilton Saraiva, maior a chance de um assalto acontecendo é por erro do ser humano — seja o porteiro ou o residente, que, distraído, acaba dando a primeira oportunidade de ser abordada pelo bandido. Para evitar esse tipo de situação, confira 5 dicas do especialista:

Garagem e porteiro

Os residentes poderão ser abordados ao entrar no condomínio, quer através de uma garagem ou pela portaria de pedestres. O mais adequado é ter muita atenção quando você chegar, verifique a unidade, veja se ele tem algum suspeito carro parou e se você tiver alguma dúvida, ligue para o serviço de portaria, de modo a que acompanhem sua entrada de forma segura. Evite falar ou mover-se na célula.

Prestadores de serviços

É importante que os moradores deixem aconselhou o zelador e o porteiro, e que também deixe uma autorização com alguém em caso de qualquer pessoa ou funcionário de que você precisa para entrar no seu apartamento se estiver fora de casa. Quanto mais você confiar no pessoal da residência, por exemplo, eles podem, inocentemente, para passar algumas informações para alguém de fora, e qualquer movimentação estranha, ou suspeitos devem ser imediatamente comunicados. Para evitar a entrada de indesejáveis de software mal-intencionado, você pode instalar um sistema de segurança 24h, alarmes e câmeras de circuito fechado.

Prevenção de roubo

Recomenda-se que os condomínios contratar empresas de terceiros que são confiáveis, porque eles oferecem uma formação especializada, de cuidados, de critério e de segurança preventiva. A empresa, profissional e especializado, feito de contratação após verificar o histórico profissional e pessoal de portaria, e também investiga possíveis antecedentes criminais, conduta, e indicações. Quando diretamente contratados pelo condomínio, normalmente, a admissão não tem todos esses recursos, aumentando o risco de maus profissionais que entram em um ambiente onde a segurança deve ser estimado e o realizado.

Criminosos armados

As regras de segurança são sempre guiados por alguns aspectos principais, sendo a primeira a prevenção para que não aconteça que as ações penais e tentar evitar riscos ao máximo. Quando acontece algum crime, com ou sem uma arma, a pessoa não deve reagir, ser o mais calmo possível e não tentar qualquer atitude isolada. É melhor deixar isso acontecer, mantenha os assaltantes tranquila e, em seguida, resolver com a polícia. Nunca reaja! O mesmo vale para o empregado, o que não deve ser super-herói, manter a segurança dos moradores. Outro problema é que todo o sistema de segurança tem um alerta que permite que outros funcionários para chamar a polícia.

Método seguro de unidade de portões

Sim, é possível clonar alguns dos controles! O único que não é clonável é Linear. O melhor método é fazer uma eclusa, onde existe um intertravamento. Isto é, só é possível abrir uma porta, quando o outro está fechado. Isso por si só já provoca medo, porque ninguém gosta de ficar preso entre as portas.

 

Leia também 6 coisas que você precisa saber sobre a construção de autovistoria

Tags:

Compartilhar
0

Tweet

Compartilhar

Compartilhar
0

Compartilhar

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*