A polícia militar de Brasília, morre dentro de ônibus após troca de tiros com ladrões | Distrito Federal | G1

Policial militar de Brasília morre dentro de ônibus após tiroteio com assaltantes
Policial militar de Brasília morre dentro de ônibus após tiroteio com assaltantes

Identificação do sargento Hernandes José Rosa, morto em assalto a ônibus na BR 040 — Foto: Arquivo pessoalIdentificação do sargento Hernandes José Rosa, morto em assalto a ônibus na BR 040 — Foto: Arquivo pessoal

A identificação do sargento Hernandes José Rosa, morto em assalto a ônibus na BR-040 — Foto: Arquivo pessoal

O sargento da Polícia Militar do Distrito Federal Hernandes José Rosa morreu na madrugada desta terça-feira (15) em um tiroteio durante uma tentativa de roubo a um ônibus de turismo que faz a rota São Paulo–Brasília. Ele levou dois tiros e não resistiu.

De acordo com a Polícia rodoviária Federal (PRF), o crime ocorreu por volta de 4 da manhã, próximo ao km 61 da BR-040, na altura de Luziânia (GO). Vinte e duas pessoas estavam no veículo no momento do crime.

Assalto a ônibus na BR 040 acaba em morte

Assalto a ônibus na BR-040 termina em morte

Os assaltantes teriam sido posicionados na pista e tiro no ônibus para forçar o motorista a parar. Antes disso, eles haviam assaltado um ônibus, de acordo com declarações de passageiros que testemunharam o crime.

Em seguida, eles entraram no veículo, perceberam que Hernandes José Rosa era o uniforme da PM e começaram a atirar com um rifle de calibre .12. O sargento morreu no ônibus.

De acordo com a Polícia Civil, Hernandes não conseguiu reagir a tiros, porque um dos assaltantes bateu o carregador da arma que ele portava na cintura, deixando a arma inoperante.

O militar viajando com um agente penitenciário, que reagiu ao assalto atirando contra os bandidos. Na troca de tiros, os dois criminosos morreram. Os corpos caíram na escada do veículo.

Imagem mostra balas em banco de ônibus assaltado na BR 040 — Foto: PRF/DivulgaçãoImagem mostra balas em banco de ônibus assaltado na BR 040 — Foto: PRF/Divulgação

A imagem mostra as marcas no ônibus assaltado na BR-040 — Foto: PRF/Divulgação

O sargento trabalhava no 25º Batalhão de Polícia Militar, no Núcleo Bandeirante, e viveu em Catalão (GO). Segundo a assessoria da corporação, ele estava na PM havia cerca de 20 anos de idade.

Os ladrões fugiram da Cadeia Municipal de Cristalina, em 20 de março, de acordo com a PRF, e foram considerados fugitivos.

Ônibus no qual tiroteio na BR 040 terminou com um PM e dois assaltantes mortos — Foto: PRF/DivulgaçãoÔnibus no qual tiroteio na BR 040 terminou com um PM e dois assaltantes mortos — Foto: PRF/Divulgação

O ônibus em que o tiro da BR-040 terminou com um PM e dois assaltantes mortos — Foto: PRF/Divulgação

Vítimas

De acordo com a PRF, dois passageiros ficaram feridos na troca de tiros, sendo uma mulher em estado grave e um homem que ficou com uma bala alojada em sua mão. Eles foram resgatados para a UPA de Luziânia.

Em torno de 9: 30 da manhã, a mulher foi transferida para uma unidade de terapia intensiva (UTI) no Hospital de Base do DF.

Leia mais notícias sobre a região do G1 DF.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*