Deslizamento de terra interdita rua e temporal causa alagamentos pela 2ª vez na semana no interior do RJ | Região dos Lagos | G1

Deslizamento de terra interdita rua e temporal causa alagamentos pela 2ª vez na semana no interior do RJ
Deslizamento de terra interdita rua e temporal causa alagamentos pela 2ª vez na semana no interior do RJ

Rua da Rebeche, em Arraial do Cabo, fica interditada por conta de deslizamento de terra

Rua da Rebeche, em Arraial do Cabo, fica interditada por conta de deslizamento de terra

A rua da Rebeche, principal estrada que dá acesso à Praia Grande, em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio, está interditada desde as primeiras horas desta sexta-feira (17) por conta de um deslizamento de terra. A chuva intensa começou na noite desta quinta-feira (16).

De acordo com a Defesa Civil, uma pedra chegou atingir um veículo, mas ninguém ficou ferido. Equipes da Prefeitura atuam para amenizar os reflexos da chuva na cidade.

Bairro Porto do Carro, em Cabo Frio, alagado

Bairro Porto do Carro, em Cabo Frio, alagado

Além de Arraial, o temporal alagou ruas nas cidades de Cabo Frio. É a segunda vez na semana que motoristas e moradores sofrem com os transtornos causados pela chuva, que permanece nesta sexta (17).

Transtornos em Arraial

Muro de uma residência no bairro Prainha, em Arraial do Cabo, RJ, caiu após chuva intensa — Foto: Laila Hallack/Inter TVMuro de uma residência no bairro Prainha, em Arraial do Cabo, RJ, caiu após chuva intensa — Foto: Laila Hallack/Inter TV

Muro de uma residência no bairro Prainha, em Arraial do Cabo, RJ, caiu após chuva intensa — Foto: Laila Hallack/Inter TV

De acordo com o balanço divulgado pela prefeitura por volta das 12h45, a cidade teve oito deslizamentos de terra, lama e rochas; duas quedas de muro, uma delas na Alameda Pio XXII, no bairro Prainha e outra na Praia dos Anjos; e uma rua e três casas interditadas. Não há feridos.

A Defesa Civil segue em estado de atenção devido à possibilidade de mais chuvas ao longo do dia. A Secretaria de Educação suspendeu as aulas nos dois turnos nas unidades da rede pública nesta sexta.

Morador registra água descendo com intensidade no bairro Sítio, em Arraial do Cabo, no RJ

Morador registra água descendo com intensidade no bairro Sítio, em Arraial do Cabo, no RJ

De acordo com o órgão, pontos como o Parque Público; avenidas Getúlio Vargas e Liberdade; e os bairros Macedônia, Prainha e Praia dos Anjos amanheceram alagados.

O morador Wellington Fonseca registrou um vídeo por volta das 6h, que mostra a força com que a água desce as escadas da casa do sogro dele na Rua Manoel Duarte, no bairro Sítio (vídeo acima).

“Praticamente desceu uma ribanceira. Foi uma coisa terrível. A coisa foi feia aqui. Muita terra que desceu e deslizou”, relata o morador.

Bairro Prainha, em Arraial do Cabo, amanheceu alagado pela segunda vez esta semana — Foto: Laila Hallack/arquivo pessoalBairro Prainha, em Arraial do Cabo, amanheceu alagado pela segunda vez esta semana — Foto: Laila Hallack/arquivo pessoal

Bairro Prainha, em Arraial do Cabo, amanheceu alagado pela segunda vez esta semana — Foto: Laila Hallack/arquivo pessoal

Um deslizamento de terra também foi registrado na trilha que dá acesso ao Pontal do Atalaia.

Segundo a Defesa Civil, os novos registros de alagamento são decorrentes do solo encharcado e dos bueiros estarem cheios devido a chuva intensa de quarta-feira (15).

Centro de Arraial do Cabo, é tomado pela água — Foto: Laila Hallack/Inter TVCentro de Arraial do Cabo, é tomado pela água — Foto: Laila Hallack/Inter TV

Centro de Arraial do Cabo, é tomado pela água — Foto: Laila Hallack/Inter TV

A prefeitura recomenda aos moradores que se encontram em áreas de risco de deslizamento que saiam de casa e procurem abrigo em locais seguros, como a casa de parentes e amigos, ou a Primeira Igreja Batista de Arraial do Cabo, que recebe desalojados.

Em Cabo Frio

Bairro Vila do Sol, em Cabo Frio, alagou por conta da chuva — Foto: Samuel Paula/arquivo pessoalBairro Vila do Sol, em Cabo Frio, alagou por conta da chuva — Foto: Samuel Paula/arquivo pessoal

Bairro Vila do Sol, em Cabo Frio, alagou por conta da chuva — Foto: Samuel Paula/arquivo pessoal

Duas casas foram interditadas no bairro Jacaré. Segundo a Defesa Civil, a parede de uma delas, que fica na Rua do Pomar, caiu ao ser atingida pelo barranco que desabou da casa vizinha. De acordo com o órgão, os moradores estão na casa de parentes e não ficaram feridos.

Pontos como o bairro Vila do Sol, Novo Portinho e Porto do Carro e o Centro da cidade foram tomados pela água. Ao todo, a cidade teve 28 ocorrências, principalmente alagamentos.

“Aqui na Vila do Sol está tudo alagado e não tem como andar a pé”, conta Samuel Paula.

Avenida Júlia Kubitschek, em Cabo Frio, alagada — Foto: Mariane Siqueira/arquivo pessoalAvenida Júlia Kubitschek, em Cabo Frio, alagada — Foto: Mariane Siqueira/arquivo pessoal

Avenida Júlia Kubitschek, em Cabo Frio, alagada — Foto: Mariane Siqueira/arquivo pessoal

Na Avenida Avenida Júlia Kubitschek, no Centro de Cabo Frio, os carros passam com cuidado por conta do nível da água.

“No Portinho e no Novo Portinho não dá para andar por dentro. Tive que mudar a minha rota para conseguir chegar ao trabalho. De carro é impossível passar por esses dois bairros”, relata Marcelle Rodrigues, moradora da cidade.

Bairro Novo Portinho, em Cabo Frio, fica debaixo dBairro Novo Portinho, em Cabo Frio, fica debaixo d

Bairro Novo Portinho, em Cabo Frio, fica debaixo d’água na manhã desta sexta-feira (17) — Foto: Marcelle Rodrigues/arquivo pessoal

São Pedro da Aldeia

No bairro Campo Redondo, uma casa desabou. Ninguém ficou ferido. A Defesa Civil de São Pedro da Aldeia recebeu 32 chamados para ocorrências por conta da chuva, que teve início por volta das 4h50.

Carros passam com dificuldade em ruas de São Pedro da Aldeia

Carros passam com dificuldade em ruas de São Pedro da Aldeia

Os bairros mais atingidos foram: Balneário, Vinhateiro, Praia Linda, Porto da Aldeia, Camerum, Campo Redondo, Rua do Fogo, Porto do Carro e parte do Centro.

O município segue em estado de alerta até o domingo (19). De acordo com a defesa Civil, choveu 44 mm entre a madrugada e a manhã desta sexta.

O município formou um gabinete de crise na Prefeitura, com representantes da Defesa Civil e das Secretarias de Serviços Públicos, Meio Ambiente, Governo e Assistência Social.

Saquarema

Três prédios foram evacuados por precaução na rua Alfredo Menezes, no centro de Bacaxá. Segundo a Defesa Civil, não é a construção que corre o risco de desaba mas um barranco próximo pode ceder e atingir os prédios.

De acordo com o município, a Defesa Civil interditou o local junto com o proprietário dos prédios, fechou o tráfego na rua e está monitorando constantemente a área. Uma lona foi colocada para evitar que o solo receba mais impactos da chuva e fique mais encharcado.

Ao todo, 12 apartamentos foram evacuados. Cada prédio tinha 4 apartamentos.

Ainda em Bacaxá, também teve transtorno na rua Sílvia Santos. Uma moradora contou que o filho dela estava indo para a escola quando um muro de uma casa desabou. O local foi interditado e ninguém ficou ferido.

Muro de casa desaba após forte chuva no distrito de Bacaxá, em Saquarema, no RJ — Foto: Gustavo Fagundes Barbosa/arquivo pessoalMuro de casa desaba após forte chuva no distrito de Bacaxá, em Saquarema, no RJ — Foto: Gustavo Fagundes Barbosa/arquivo pessoal

Muro de casa desaba após forte chuva no distrito de Bacaxá, em Saquarema, no RJ — Foto: Gustavo Fagundes Barbosa/arquivo pessoal

Parte de muro de casa desaba em Saquarema, no RJ — Foto: Gustavo Fagundes Barbosa/Arquivo PessoalParte de muro de casa desaba em Saquarema, no RJ — Foto: Gustavo Fagundes Barbosa/Arquivo Pessoal

Parte de muro de casa desaba em Saquarema, no RJ — Foto: Gustavo Fagundes Barbosa/Arquivo Pessoal

Veja outras notícias da região no G1 Região dos Lagos.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*