“Ele morreu fazendo o que ele mais ama”, diz um amigo do peão mortos pisoteados durante um rodeio em MS | Mato Grosso do Sul | G1

imagem29-01-2019-01-01-23
imagem29-01-2019-01-01-23

Peão morre pisoteado por boi durante rodeio em MS

Peão morre pisoteado por um boi durante rodeio em MS

Um amigo do peão pisoteado durante um rodeio no estado de Mato Grosso do Sul , no domingo (8), Roberto Rivelino afirmou que Uéliton Flávio de Oliveira, de 24 anos, “ele morreu fazendo o que ele mais ama”. O torneio foi realizado em Paranaíba, a 407 quilômetros de Campo Grande.

O peão tinha planos de conquitar títulos nacionais, e participar de classe mundial. De acordo com o tio de Uéliton, Rafael Ferreira Ramos, ele tinha o sonho de andar em arenas fora do país. “Seu sonho era montar e chegar nos Estados Unidos. A família está desesperada no momento, mas seu pai e sua mãe não gosta que ele montava. Mas era o que ele queria”, explica.

Uéliton é natural para o interior do estado de São Paulo e passou a viver em Paranaíba (MS), mesmo como uma criança, quando você aprendeu a andar.

Relembre o caso

O peão foi pisoteado na cabeça por um touro durante o Rodeio de Paranaíba (MS), que morreu de parada cardiorrespiratória, de acordo com o corpo de bombeiros civis que trabalharam no evento e prestou atendimento à vítima.

Uéliton Flávio de Oliveira, de 24 anos, era de Santa fé do Sul (SP), mas estava morando em Paranaiba, e tomou parte na semi-final do rodeio, quando o acidente aconteceu.

O profissional Diego Henrique conta que Uéliton desceu do touro após os oito segundos necessários na competição e, em seguida, foi atingido na cabeça por uma das patas traseiras do animal. O peão estava vestindo um capacete e colete os itens obrigatórios de segurança.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*