Mãe de Matão doa leite materno e ajuda bebês prematuros: ‘Bom ver crescerem de forma saudável’ | São Carlos e Araraquara | G1

Mãe de Matão doa leite materno e ajuda bebês prematuros:
Mãe de Matão doa leite materno e ajuda bebês prematuros:

Doação de leite materno ajuda na sobrevivência de bebês prematuros em Matão

Doação de leite materno ajuda na sobrevivência de bebês prematuros em Matão

Antes mesmo do filho José Lucas nascer, há 5 meses, Heloíza Rossi já pensava em doar leite materno. Neste domingo (19), quando se comemora o Dia Mundial de Doação do Leite Materno, a psicóloga de Matão (SP) contou como é o processo para ajudar no abastecimento do banco de leite e salvar vidas.

Heloíza sempre soube da importância da doação. Quando percebeu que, após alimentar seu filho, ainda sobrava leite resolveu se organizar para fazer a doação e hoje doa cerca de 700 ml por semana.

José Lucas divide o leite da mãe com outros bebês — Foto: Marlon Tavoni/EPTVJosé Lucas divide o leite da mãe com outros bebês — Foto: Marlon Tavoni/EPTV

José Lucas divide o leite da mãe com outros bebês — Foto: Marlon Tavoni/EPTV

Uma vez por semana, as enfermeiras passam pela casa dela para deixar os vidros esterilizados para a coleta. Antes de retirar o leite, a mãe faz uma preparação especial: coloca touca, luvas e máscara e higieniza os seios.

O cuidado extremo é para evitar que bactérias do ambiente interfiram na qualidade do leite.

“É muito bom, porque a gente vê, além do desenvolvimento do José Lucas e de outras crianças também. Eles poderem receber esse leite e crescerem de forma saudável da mesma forma do meu filho”, disse.

Rico em anticorpos

Posto de Leite de Matão recebe os potinhos de leite doados por Heloíza — Foto: Marlon Tavoni/EPTVPosto de Leite de Matão recebe os potinhos de leite doados por Heloíza — Foto: Marlon Tavoni/EPTV

Posto de Leite de Matão recebe os potinhos de leite doados por Heloíza — Foto: Marlon Tavoni/EPTV

Segundo a coordenadora da Casa da Gestantes de Matão, Thaís Baldan de Camargo, a maior parte do leite doado é destinado a bebês prematuros ou que as mães não têm leite suficiente para a amamentação.

“O leite materno possui todos os anticorpos de defesa para os bebês prematuros. É o melhor alimento para ter o ganho de peso adequado.”

O leite passa por análise e pasteurização, os potinhos voltam para o banco de leite e são antes de ser levado até os bebês da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal.

Salvar vidas

Bebês prematuros precisam do leite da doação para repor anticorpos — Foto: Marlon Tavoni/EPTVBebês prematuros precisam do leite da doação para repor anticorpos — Foto: Marlon Tavoni/EPTV

Bebês prematuros precisam do leite da doação para repor anticorpos — Foto: Marlon Tavoni/EPTV

A doação de leite materno salva vidas de bebês, como o Brendon, que nasceu após 5 meses e meio de gestação.

“Ele precisou usar uns aparelhos e agora ele está aqui. Conto os dias e as horas para ir embora”, contou a mãe Valdilania Maria da Silva.

O leite também ajuda mães de bebês prematuros que têm dificuldade de amamentar seus filhos por não ter leite suficiente.

“Eles não vão ser amamentados logo de início no seio e isso prejudica um pouquinho o estímulo da produção de leite. Também tem o estresse, muita preocupação e o emocional influencia na produção do leite de mulher”, explica Thaís.

No Brasil, a doação pode ser feita em qualquer quantidade. Para encontrar o banco de leite mais próximo, as mães interessadas podem ligar no Disque Saúde pelo telefone 136.

Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*