O Ex-ministro José Dirceu não é apresentado no tempo determinado pela Justiça | Paraná | G1

Ex ministro José Dirceu não se apresenta no horário determinado pela Justiça
Ex ministro José Dirceu não se apresenta no horário determinado pela Justiça

Ex ministro José Dirceu tem até 16h para se apresentar à Polícia Federal, em Curitiba

O Ex-ministro José Dirceu tem até às 16h para enviar para a Polícia Federal em Curitiba

Terminou às 16h desta sexta-feira (17) o prazo determinado pela justiça Federal para que o ex-ministro José Dirceu se apresentar à Polícia Federal, em Curitiba. Até a publicação deste relatório, o petista ainda não havia chegado à Superintendência da PF.

A RPC estabelecido com as autoridades de que o ex-ministro deve apresentar-se mais tarde, entre 19h e 20h30, porque ele está viajando de carro em Curitiba – vive em Brasília. E que, neste período, não será considerado foragido pela Polícia Federal, uma vez expressa a vontade para presente.

A Justiça do Paraná enviados para prendê-lo novamente para o cumprimento da pena de a segunda condenação do mesmo no Lava Jato. Na decisão, o juiz Luiz Antonio Bonat estipulado data e hora limites para Dirceu para entregar, a pedido da defesa, que solicitou que o ex-ministro deve render em Curitiba.

“Os detalhes de entrega deve ser acordado com a autoridade policial responsável para o cumprimento do mandado de prisão. Não tendo sucesso para a entrega voluntária, a autoridade policial informará o Juízo, determinou Bonat.

Na quinta (16), a defesa disse que José Dirceu entregar. Procurado nesta sexta-feira, o advogado Roberto Podval disse que não poderia confirmar o tempo em que Dirceu. O ex-ministro enviou mensagem de áudio para os adeptos informando que vai recorrer da decisão.

A defesa pediu mais prazo

Após o final do mandato, a defesa de josé Dirceu protocolou petição no processo, informando ao juiz federal que o ex-ministro estava a caminho da capital do paraná, e ainda, esta sexta-feira, se você o faria.

“Esclarece-se, porém, que é a distância entre Brasília e Curitiba, e pelo mau tempo, o condenado, que saiu do carro, durante a noite, da Capital Federal, não será capaz de chegar até às 16h. A Defesa não informou o tempo provável de chegada, mas comprometeu-se a fornecer mais informações, assim que você tem uma previsão mais concreta”, disse o juiz na sentença.

No pedido, Bonat informado de que já não cabem-lhe para aceitar o pedido de um novo termo para Não se entregar. De acordo com o juiz, a decisão é do juiz da execução penal.

O ex ministro José Dirceu deve se apresentar à PF para cumprir pena da Lava Jato — Foto: Marcelo Camargo/Agência BrasilO ex ministro José Dirceu deve se apresentar à PF para cumprir pena da Lava Jato — Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ex-ministro José Dirceu deve apresentar à PF para cumprir a pena de Lava-Jato — Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Recurso improvido

A determinação foi tomada após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negou, por unanimidade, um recurso da defesa, que pediu para a prescrição da pena para os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Neste caso, Dirceu foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, em 2017, em um processo que investigou o recebimento de propina, em um contrato com a empresa Apolo Tubos para o fornecimento de tubos para a Petrobras, entre 2009 e 2012.

O andamento do caso da segunda condenação

Ver mais notícias da região no G1 Paraná.

    Seja o primeiro a comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado.


    *