Operação prende envolvidos em fraudes de contratos com o município de Passos, MG, brasil | Sul de Minas | G1

Operação prende envolvidos em fraude de contratos com o município de Passos, MG
Operação prende envolvidos em fraude de contratos com o município de Passos, MG

Uma operação da Receita Federal e do Ministério Público de Minas Gerais cumpre 11 mandados de prisão, na manhã de quinta-feira (16), contra os envolvidos em fraudes de contratos com o município de Passos (MG). Além das prisões, há 34 mandados de busca e apreensão, e o bloqueio de bens no valor de R$ 14 milhões.

As investigações da Operação Sacripanta revelou um esquema que envolveu uma rede de empreendedores, e teve a participação de servidores públicos, que não tenham efectuado a auditoria. Os crimes foram cometidos com fraudes em licitações.

De acordo com a receita federal, o grupo trabalhou para obter contratos públicos, com o município e criou um esquema para receber os valores por serviços não prestados ou feito em menor quantidade. Foram utilizados empresas similares, em nome de um terceiro, para enganar a concentração de contratos nas mãos do mesmo grupo.

Os proprietários também simular a participação em concursos públicos no município. Ao mesmo tempo, os funcionários estavam atrapalhando a investigação.

Os presos, que não tiveram suas identidades divulgadas, devem responder por crimes como peculato, corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica, fraude em concursos públicos e na execução de contratos, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

A operação teve a participação de 12 servidores da receita federal, de 45 policiais militares, 1 de civis, de 20 de promotores e de 14 membros do Ministério Público.

Veja mais notícias da região do G1 Sul de Minas

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*