Policial militar é baleado e morre em Ferraz de Vasconcelos | Mogi das Cruzes e Suzano | G1

Policial militar é baleado e morre em Ferraz de Vasconcelos
Policial militar é baleado e morre em Ferraz de Vasconcelos

Policial Militar morre depois de ser baleado em Ferraz

Policial Militar morre depois de ser baleado em Ferraz

Um policial militar foi baleado e morto nesta segunda-feira (24), em Ferraz de Vasconcelos. Marivaldo Camelo da Rocha Júnior e o colega faziam patrulhamento de rotina na Vila Margarida quando se depararam com dois bandidos que tinham acabado de roubar uma casa. Um dos criminosos atirou na cabeça do PM.

O policial chegou a ser socorrido para o Hospital das Clínicas de São Paulo, mas não resistiu. O colega dele sofreu ferimentos leves, mas não foi atingido pelos disparos.

Durante a tarde, a polícia fez buscas na região e, segundo a PM, um dos bandidos foi encontrado, reagiu e morreu na troca de tiros com os policiais. O outro homem continua foragido.

PM fazia patrulhamento na Vila Margarida quando se deparou com dupla que assaltava residência — Foto: Reprodução / TV Diário PM fazia patrulhamento na Vila Margarida quando se deparou com dupla que assaltava residência — Foto: Reprodução / TV Diário

PM fazia patrulhamento na Vila Margarida quando se deparou com dupla que assaltava residência — Foto: Reprodução / TV Diário

Roubo a residência

A ocorrência foi por volta das 14h20. A vítima foi abordada enquanto entrava com o carro na garagem de casa. Além do veículo, os bandidos conseguiram levar uma televisão e um celular.

“Quando eu abaixei o portão, escutei ele falando para mim: é um assalto! Aí quando ele falou que era uma assalto, eu já segurei na arma dele. Eu falei calma, você vai levar tudo o que quiser. Quer levar o carro? Leva o carro”, contou.

Imagens de câmera de segurança mostram o momento em que a dupla encontra dois PMs da Rocam. Quando os policiais descem da moto, um dos bandidos dispara na cabeça de Marivaldo Camelo da Rocha Júnior. “Quando eu subi na laje, vi um policial caído. Aí para mim foi o fim. É triste”, lamentou a vítima.

    Seja o primeiro a comentar

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado.


    *