‘Todo mundo começou a gritar: motorista, pelo amor de Deus’, diz sobrevivente do acidente em Campos do Jordão | Vale do Paraíba e Região | G1

imagem10-06-2019-11-06-02
imagem10-06-2019-11-06-02

Suellen dez foto com a família dentro do ônibus da excursão para comemorar aniversário de 83 anos da avó — Foto: Arquivo PessoalSuellen dez foto com a família dentro do ônibus da excursão para comemorar aniversário de 83 anos da avó — Foto: Arquivo Pessoal

Suellen dez foto com a família dentro do ônibus da excursão para comemorar aniversário de 83 anos da avó — Foto: Arquivo Pessoal

Uma das vítimas do acidente com um ônibus de turismo que deixou ao menos dez mortos em Campos do Jordão conta que o veículo parecia estar desgovernado. Suelen Rodrigues estava com a família em uma excursão de um dia na cidade e conta que muitos passageiros dormiam quando perceberam que o ônibus seguia em alta velocidade. “Começamos a gritar ‘motorista, pelo amor de Deus’”, disse.

O acidente deixou dez mortos e outras 51 pessoas ficaram feridas. O caso aconteceu por volta das 21h30 no km 31,6 da rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123), logo após o trevo de Santo Antônio do Pinhal. Segundo testemunhas, o coletivo desgovernado, aparentemente sem freio, atingiu outros 5 carros e uma moto.

ônibus ficou destruído após tombar na Floriano Rodrigues Pinheiro — Foto: Laurene Santos/ TV Vanguardaônibus ficou destruído após tombar na Floriano Rodrigues Pinheiro — Foto: Laurene Santos/ TV Vanguarda

ônibus ficou destruído após tombar na Floriano Rodrigues Pinheiro — Foto: Laurene Santos/ TV Vanguarda

Suelen conta que os passageiros embarcaram por volta das 21h e a viagem seguia tranquila até o momento em que perceberam que o veículo ganhou velocidade.

“Do nada sentimos que ele estava em velocidade mais rápida, todo mundo acordou assustado até o momento em que começamos a gritar ‘motorista, pelo amor de Deus’”.

Um dos carros envolvidos no acidente na Floriano Rodrigues Pinheiro chega à base da PRE — Foto: Laurene Santos/TV VanguardaUm dos carros envolvidos no acidente na Floriano Rodrigues Pinheiro chega à base da PRE — Foto: Laurene Santos/TV Vanguarda

Um dos carros envolvidos no acidente na Floriano Rodrigues Pinheiro chega à base da PRE — Foto: Laurene Santos/TV Vanguarda

Trecho do acidente fica pouco antes do túnel na Floriano Rodrigues Pinheiro — Foto: Laurene Santos/ TV VanguardaTrecho do acidente fica pouco antes do túnel na Floriano Rodrigues Pinheiro — Foto: Laurene Santos/ TV Vanguarda

Trecho do acidente fica pouco antes do túnel na Floriano Rodrigues Pinheiro — Foto: Laurene Santos/ TV Vanguarda

Neste momento, a passageira relata que o tio, que estava com ela no passeio, chegou a tirar o cinto para ir até o motorista ver o que estava acontecendo. No acidente, o ônibus desceu a rodovia desgovernado e atingiu outros cinco veículos e depois tombou.

“Por conta do barranco, ele acabou jogando o ônibus em cima dos outros carros, ele estava andando na contramão”, conta.

A turista estava com o namorado, a mãe e a avó. Ela ainda era acompanhada pela tia e a prima que acompanhavam a família no passeio que seria para comemorar o aniversário da avó. Eles pagaram R$ 100 pelo passeio que incluía o transporte e um city tour pelos pontos turísticos da cidade. O grupo de cerca de 30 pessoas chegou por volta das 11h na cidade e voltava às 21h.

10 pessoas morrem em acidente envolvendo ônibus entre Campos do Jordão e Pindamonhangaba

10 pessoas morrem em acidente envolvendo ônibus entre Campos do Jordão e Pindamonhangaba

Suelen teve apenas hematomas. Ela está internada com outras sete pessoas no Pronto socorro de Campos do Jordão. Elas também têm estado de saúde estável. Ela conta que usava cinto de segurança. “A orientadora da excursão pediu que a gente colocasse o cinto”.

Vítimas

Os feridos foram encaminhados para hospitais em Taubaté, Pindamonhangaba e Campos do Jordão. Por volta das 7h40 o Hospital Regional de Taubaté informou que 16 vítimas do acidente deram entrada na unidade. Entre elas, há duas crianças.

Três delas tiveram alta e 13 seguem internados durante a manhã. Os outros hospitais não informaram quantas vítimas receberam até a atualização da reportagem.

Já os corpos de oito adultos e duas crianças foram encaminhados para o IML de Taubaté.

Parentes de pessoas que estavam na excursão fazem buscas por familiares desde a madrugada. “Eles vieram para Campos do Jordão e não ligaram para avisar do retorno. Nós soubemos que houve um acidente no ônibus que eles estavam. Tentamos falar com eles e não conseguimos. Perto da meia-noite viemos e no caminho a polícia ligou. A informação é que eles não podiam dar informação de nome de vítimas. Estamos em busca”, disse Álvaro Mange, que foi buscar informações sobre o sobrinho no IML.

O jovem Yago Mange foi identificado pelo tio por meio de uma tatuagem durante a manhã.

A empresa dona do ônibus, que levava ao menos 30 passageiros, é a Brasil Santana, de Praia Grande. O veículo levaria uma excursão de volta a Cubatão. A viação Brasil Santana foi procurada, mas não tinha se manifestado até a última atualização desta reportagem.

A rodovia ficou interditada durante parte da madrugada e foi liberada por volta das 5h45.

Suellen com a mãe e a avó em Campos do Jordão — Foto: Arquivo PessoalSuellen com a mãe e a avó em Campos do Jordão — Foto: Arquivo Pessoal

Suellen com a mãe e a avó em Campos do Jordão — Foto: Arquivo Pessoal

Bombeiros e polícia atuaram em atendimento no acidente na serra de Campos do Jordão — Foto: Divulgação/BombeirosBombeiros e polícia atuaram em atendimento no acidente na serra de Campos do Jordão — Foto: Divulgação/Bombeiros

Bombeiros e polícia atuaram em atendimento no acidente na serra de Campos do Jordão — Foto: Divulgação/Bombeiros

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*